Os produtos cosméticos naturais e biológicos da Weleda são desenvolvidos e fabricados de acordo com um conceito holístico, são produtos que se dirigem ao corpo, alma e espírito dos seres humanos de uma forma holística. Por essa razão, utilizam apenas e exclusivamente óleos essenciais naturais e extratos vegetais enquanto perfume.

Gama Skin Food

Os alergénios de fragrâncias listados na manteiga corporal Weleda Skin Food (= Limoneno, Linalool, Benzoato de benzilo e Geraniol) são componentes naturais de alguns dos óleos essenciais que constituem o perfume do Skin Food Body Butter (manteiga corporal). Não são adicionados ao produto como substâncias isoladas.

Limoneno, linalol, benzoato de benzilo e geraniol estão entre as 26 fragrâncias que devem ser declaradas na embalagem de produtos cosméticos na UE, para a proteção das pessoas que sofrem de alergia a fragrâncias eventualmente contidas num produto cosmético em concentrações que podem ser relevantes para quem sofre de alergias.

O objetivo dessa declaração é permitir que as pessoas sensíveis a certas fragrâncias, ou seja, que podem desenvolver reações alérgicas quando em seu contato, evitem esses produtos. No entanto, isso não significa que a sua presença acima do valor limite seja automaticamente “não segura”.

Nesse contexto, é importante saber que todos os produtos cosméticos Weleda são sujeitos a avaliações de segurança baseadas em dados toxicológicos (dados publicados) no que diz respeito às matérias-primas utilizadas, à sua concentração no produto final e à quantidade de aplicação “normal” do produto por especialistas devidamente treinados. Esta avaliação de segurança considera todos os ingredientes relevantes de um produto cosmético (incluindo igualmente os seus alergénios declarados, tais como o limoneno, linalol, benzoato de benzoil e geraniol), o seu campo de aplicação, bem como o grupo de usuários. Isso garante que os cosméticos Weleda sejam seguros para os usuários, desde que usados ​​como pretendido.

Já para pessoas não sensíveis, a declaração dessas fragrâncias não tem, portanto, qualquer relevância.

A tolerância e eficácia do Skin Food Body Butter foi testada por voluntários de um instituto independente, sob a supervisão de um dermatologista. Metade dos sujeitos testados eram pessoas com pele atópica; verificou-se que o Skin Food Body Butter é também adequado a peles sensíveis, pois mostrou uma compatibilidade muito boa com todo o tipo de peles, inclusive peles atópicas.

Por sua vez, a biodegradabilidade do Skin Food Body Butter da Weleda foi medida de acordo com o OECD-Guideline 301 B (CO2 Evolution Test) 1992-07; o resultado do teste confirma que o Skin Food Body Butter (manteiga corporal) pode ser denominada “prontamente biodegradável”, pois ≥ 60% passou em 7 dias. O uso pretendido não tem impacto sobre o meio ambiente, pois todos os seus componentes são degradados nos processos normais de purificação de águas residuais.

Deste modo, a informação avançada pelo “Danish Consumer Council” (e divulgada por alguns media nacionais) sobre a presença de substâncias problemáticas no Skin Food Body Butter, quer do ponto de vista de reações alérgicas quer da proteção ambiental, revela-se inexata e o mesmo foi comunicado à referida organização. Esta inclusão de um produto Weleda nessa listagem é tanto mais surpreendente quanto todos os produtos Weleda são certificados NATRUE, o selo máximo de garantia de cosmética natural e bio, e a Weleda é a única empresa de cosmética que recebeu a mais alta certificação de ética e sustentabilidade, a certificação UEBT.




Formulário de Contacto


Partilhar: