Bioligo

Oligoelementos e óleos essenciais

UMA EMPRESA FAMILIAR

Bioligo é uma empresa familiar situada em Nyon (Suíça) que desde à meio-século escreve a história da oligoterapia global.

Pela utilização de ingredientes naturais selecionados com o maior rigor, pelo desenvolvimento de fórmulas originais e pelo seu know-how único, a empresa impôs-se como uma referência junto aos profissionais de saúde na Suíça e na Europa. O espírito da geração pioneira opera e inspira a segunda geração tal como no primeiro dia. Animados por uma sábia combinação de dinamismo e de continuidade, sabemos o que fazemos e como o fazemos. A nossa abordagem é conservadora, pois respeitamos o trabalho extraordinário feito pelos pioneiros da oligoterapia. Somos também modernos porque fazemos resolutamente questão de continuar a convergir o saber tradicional com os avanços da ciência.

E nisso colocamos todo o nosso coração, porque é bom e útil encorajar as pessoas a assumirem a responsabilidade pela sua própria saúde.

PIONEIRO DA OLIGOTERAPIA

Oligos significa em grego «em quantidade muito pequena» e os oligoelementos são doses muito pequenas de minerais utilizadas sob a forma de vestígios. A oligoterapia é a utilização terapêutica de oligoelementos em doses fisiológicas e sob uma forma ionizada (e portanto líquida).

A sua utilização terapêutica beneficia de uma longa tradição, cujas bases científicas foram colocadas no início do séc. XX pelo Dr. Sutter. Foi ele quem identificou que uma solução ionizada de cobre e manganês permitia curar um em cada dois soldados que sofriam de tuberculose, bem como acelerar a cicatrização das feridas.

O Dr. Ménétrier tomou o testemunho desses estudos e confirmou a eficácia dessa terapia desenvolvendo a noção de diátese (predisposição à doença), da qual fez a sua tese de doutoramento. Estabeleceu assim quatro terrenos: artrítico-alérgico, hiposténico, distónico e anérgico, que servem de base ao diagnóstico.

Nos anos 70, com base em 50’000 casos clínicos, o Dr. Picard estendeu progressivamente o campo de aplicação da oligoterapia aos reumatismos com 85% de resultados positivos, que foram o objeto de numerosas publicações (ver “Soigner les rhumatismes, la voie naturelle et efficace”, Edições CRAO).

MICHEL DEVILLE OU A OLIGOTERAPIA GLOBAL

Em 1977, Michel Deville organizou na Suíça um ciclo de conferências destinado aos reumatologistas, para o qual convidou o Dr. Picard. Entusiasmados pela eficácia do tratamento, estes observaram contudo que a sua aplicação prática permanecia complexa, cada oligoelemento (14 preparações) devia ser administrado separadamente e várias vezes ao dia.

Michel Deville teve então a ideia de os reunir e desenvolveu três sinergias de oligoelementos. Esta evolução melhorou ainda mais os resultados. Com efeito, o efeito sinérgico em conjunto com a simplificação do tratamento resultou numa melhoria do seu seguimento por parte dos doentes. Encorajado por essa experiência, decidiu aplicar o mesmo raciocínio a outros domínios e criou, ao longo dos anos, mais de 20 sinergias terapêuticas que experimentou ao longo da sua prática de oligoterapeuta.

Michel Deville preparou ainda formações para os profissionais de saúde e ensinou o seu método durante numerosos anos. Publicou também numerosas obras nesse domínio para a editora CRAO.

A oligoterapia global tinha nascido …

A NOVA GERAÇÃO

Frédéric Deville continua desde há 25 anos a obra do pai.

Investigador infatigável e sedento de conhecimento, Frédéric Deville continuou a fazer evoluir as composições originais e criou novas aplicações. Consciente da complementaridade das diversas terapias, estabeleceu pontes com outras medicinas alternativas, tais como a aromaterapia, a homeopatia ou os florais de Bach.

Em 2006 juntou-se a ele Marianne Deville, especialista em terapias emocionais, das quais dá formação bem como consultas terapêuticas.

Solicitados por terapeutas de todo o mundo, a equipa dirigente faz questão de manter este rumo duplo de formar as novas gerações de terapeutas em medicinas naturais, continuando a praticar consultas personalizadas.

Qual é o novo cavalo de batalha da empresa? Levar a oligoterapia ao reconhecimento enquanto uma forma de medicina de pleno direito.

Documentação

pdf
Folhetos 21/12/2010
pdf
Folhetos 21/12/2010